terça-feira, 4 de julho de 2017

O que eu aprendi sendo mãe - Parte 1

Cuidados com o peito:
Umidade
Evite usar conchas e absorventes o dia inteiro. Os mamilos precisam respirar e isso é muito sério. Quando comecei a amamentar, eu tinha lido sobre isso, mas não dei importância. Por consequência tive candidíase em ambos os seios. Meus peitos doía muito na hora de amamentar porque as fissuras que surgiam não cicatrizavam devido ao fungo.

O pior é que o sapinho passou do meio peito para a boca da minha bebê. Fui em mais de um médico até descobrirem que não era pega errada que estava causando aquilo e sim um fungo. Daí, demorou quase dois meses para desaparecer.  Durante esse período, tem crianças que até perde o apetite por causa da dor do sapinho. Por sorte, a minha não deixou de mamar bem.

Sei que não dá para viver com a blusa encharcada (como sei!), então, meu conselho é testar o máximo de marcas de absorventes que você conseguir até encontrar aquela que deixa seus peitos menos úmidos. Ouvi falar muito bem dos da marca Lansinoh, mas na minha cidade não tinha. Então, o que funcionou melhor pra mim dentro das minhas opções foi os da marca Cremer. 

Já as conchas, abandonei de vez. Mesmo com aqueles furos para entrar ar, acredite, é uma furada! Elas deixam os seios MUITO úmidos. Perfeito para a proliferação de um fungo.

Outra dica é tomar banho de sol duas vez ao dia, nem que seja por 10 minutinhos. Quantos mais secos seus peitos estiverem, melhor.

Pode parecer neura, mas não é. Se tivesse feito tudo isso desde o início, minha experiência com a amamentação teria sido muito melhor.

Obs: Após ter candidíase, usei nistatina líquida nos mamilos e uma pomada chamada Trok. Minha médica disse que não é necessário parar de amamentar, mas eu preferi tirar o leite com a bombinha para acelerar o processo de cura. Em cinco dias usando nistatina, meus peitos voltaram 97% ao normal. Depois, continuei o tratamento passando apenas a pomada porque era mas prático.

Já na bebê, como disse acima, demorou demorou quase dois meses para sarar. Usei cerca de 28 dias nistatina da marca Neo Mistatin, mas não estava surtindo efeito. Tentei o modo natural lavando a boquinha dela com bicarbonato de sódio e também não houve melhoras.

Comprei, então, nistatina na versão genérico e em três dias desapareceu quase tudo! Lembre-se de limpar a boca da neném a cada fim de mamada (eu limpo até quando ela gorfa), porque fungos também gostam de leite. Quando digo limpar é introduzir uma gaze molhada de água dentro da boca da criança e passar pelos cantos, gengiva, céu da boca e linguinha.

Rachaduras
Testei duas pomadas de lanolina, mas nenhuma foi tão rápido na cicatrização como meu próprio leite. Toda vez após dar de mamar a seu filho, tire umas gotinhas do seu leite e passe nos mamilos. Aguarde secar ao ar livre.

Amamentação:
Pega
Como dizem, amamentar não doí. E realmente é verdade. Se está doendo em você, é porque seu bebê está abocanhando de maneira incorreta. Veja vídeos no youtube sobre isso e leia bastante que vai te ajudar. Após aprender, insista para que seu filho aprenda também. Se ele pegou errado, coloque o dedinho na boca dele para tirá-la do mamilo sem machucá-lo e tente novamente até dar certo. 

Posição
Deixe seu filho o mais inclinado possível, assim, a possibilidade de ele engasgar é menor e engolir ar também. Aliás, você já bebeu algo deitada? Não é ruim? Para o bebê também deve ser!

Eu não conseguia deixar a minha filha mais retinha com a almofada de amamentação que comprei. Foi mais prático utilizar almofadas comuns como apoio atrás do braço na hora de amamentar. 

Arroto
A cada fase da minha filha, eu tinha um método diferente de fazê-la arrotar mais rápido, mas a posição nunca mudou: ela reta, peito contra o meu e eu dando batidinhas nas costas.

Nas primeiras semanas de vida dela, ela soltava apenas um arroto. Já a partir da quarta semana, como o consumo aumentou, ela passou arrotar mais, cerca de quatro arrotos.

É importante ficar com ela 30 minutinhos na posição de arroto, pois é perigoso colocá-la deitada - ela pode acabar se engasgando se gorfar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário